Glossário

Aporte
Valor destinado ao investimento periódico e frequente no mercado financeiro. Geralmente é proveniente de uma atividade assalariada.
BCB
Banco Central do Brasil. Órgao de caráter executivo cuja principal missão é a estabilidade financeira do sistema econômico Brasileiro.
CDB
Certificado de depósito bancário. Produto financeiro oferecido por bancos. É um típico contrato de dívida com diferentes estruturas de pagamento.
CDI
Certificado de depósito interbancário. Taxa de juros usada em operações de crédito entre bancos. O CDI é muito utilizado como indexador da remuneração de títulos de dívida bancária.
CMN
Conselho monetário nacional. Órgão máximo e de caráter normativo do sistema financeiro nacional.
Cupons
Pagamentos intermediários recebidos pelo comprador de um título de dívida. Exemplo: uma dívida que vence em dois anos paga semestralmente um cupom no valor de R$ 50 para o comprador do título.
Debêntures
Títulos de dívida privada geralmente emitidos por empresas negociadas em bolsa.
FGC
Fundo garantidor de crédito. Associação cujo objetivo principal é dar lastro ao crédito vendido pelos bancos.
IPCA
Índice de Preços ao Consumidor Amplo. Representa um índice de inflação composto por diferentes produtos do nosso cotidiano. É comumente utilizada pelo mercado financeiro para indexar retornos de contratos de dívida. O percentual de inflação é calculado pela variação do IPCA em determinado período de tempo. Por exemplo, se o valor do IPCA estava equivalente a 1000 pontos no início do ano 2018 e terminou em 1050 pontos no final do ano, a inflação do período foi de exatamente 5% ao ano.
Inflação
Aumento sistemático dos preços de produtos de consumo no mercado consumidor. A inflação faz com que o dinheiro não investido perca poder de compra ao longo do tempo. Também possui poder degenerativo sobre o retorno de um investidor de dívidas prefixadas.
IOF
Imposto sobre operações financeiras, cobrado sobre operações de compra e venda no curtíssimo prazo, menos de um mês.
IR
Imposto de renda sobre ganho de capital, cobrado quando a venda do contrato financeiro.
LCA
Letras de crédito agropecuário. Produto financeiro oferecido pelos bancos e incentivado pelo governo. É semelhante a um CDB, porém com isenção de imposto de renda.
LCI
Letras de crédito imobiliário. De forma semelhante a um LCA, é um tipo de contrato incentivado pelo governo e também possui isenção do imposto de renda sobre o ganho de capital.
Liquidez
Facilidade de transformar um contrato financeiro em dinheiro. Para o investidor, quanto maior a liquidez, melhor. Por exemplo, a caderneta de poupança possui alta liquidez pois é possível transformar seu saldo em dinheiro de forma fácil e acessível. Isso é diferente de um CDB tradicional, onde o dinheiro deve ficar aplicado até o vencimento.
Renda fixa
Mercado financeiro referente a compra e venda de contratos de dívida. Nesse, o comprador do contrato empresta dinheiro para o emissor da dívida.
Renda variável
Mercado financeiro referente a compra e venda de contratos financeiros onde o retorno é dependente de uma atividade empresarial. Um exemplo muito comum na renda variável é a compra e venda de ações (participações) em empresas. Em resumo, o comprador da ação terá direito a participação nos lucros futuros da empresa.
Retorno nominal
Retorno bruto dos investimentos, sem o desconto da inflação e custos de operação.
Retorno real
Retorno acima da inflação e após o pagamento de custos operacionais. Representa o ganho de poder de compra por parte do investidor.
Reserva de emergência
Dinheiro guardado em produto financeiro líquido, tal como caderneta de poupança. Sua finalidade é dar segurança e uma gordura financeira para o investidor, de forma a preservar os investimentos de longo prazo. Caso necessário, o investidor saca capital da reserva de emergência e não dos seus investimentos.
Selic
Taxa básica de juros da economia. Define o juro que bancos comerciais pagam ao pegar emprestado com o BCB (Banco Central do Brasil).
Tesouro Direto
Plataforma de negociação direcionada para a pessoa física onde é possível a compra e venda de títulos da dívida pública federal.
TR
Taxa de referência. Indexador da remuneração de caderneta de poupança e outros produtos. É uma herança da época de hiperinflação. Atualmente o valor da TR é muito próximo de zero e negligenciável.