Prefácio

Uma recente matéria do jornal Valor Econômico1 mostrou que apenas 51% da população economicamente ativa do Brasil pretende fazer algum tipo de investimento. Destes, 68,2% irão investir na caderneta de poupança, um dos instrumentos menos atrativos que existem no mercado.

Uma população que não poupa e não sabe investir está fadada a continuar presa no ciclo vicioso da dependência financeira – mais gastos, mais trabalho e menos tempo. A falta de intimidade da população com a organização de um orçamento doméstico e com a aplicação do dinheiro de forma eficiente é certamente um dos problemas estruturais da economia brasileira.

Sou professor universitário e investidor de longa data. Em 2019, desafiei-me como acadêmico a preparar um material com apelo popular e aproximar a minha intimidade em programação e análise de dados com o público em geral. Tanto em sala de aula quanto fora dela, dúvidas a respeito de investimentos são frequentes. Fico constantemente impressionado com a variedade e quantidade de questões sobre o assunto. Desinformações, desconhecimento e erros de análise são comuns. Como se não bastasse a falta de estudos, o brasileiro é alvo fácil de golpes financeiros e esquemas ilícitos que só enriquecem os poucos idealizadores à custa de muitos, atraídos pela promessa de riqueza instantânea.

O objetivo desta obra é ambicioso: atacar de frente a deficiência na educação financeira do brasileiro. Com este livro vou buscar formalizar bases sólidas que irão guiar a tomada de decisões mais inteligentes. O grande diferencial do trabalho proposto aqui é o uso frequente de dados reais do mercado para entender e comparar as diferentes alternativas de investimento no mercado de renda fixa. Utilizarei a análise objetiva de dados para mostrar os meus argumentos referentes à forma de investir. Não irei pedir que você simplesmente confie em mim, mas que confie no método científico e nas evidências obtidas junto aos dados históricos.

A obra está focada no mercado de renda fixa, pois este deve ser o primeiro passo do investidor. Um erro muito comum é iniciar no lado avançado, com a compra de ações de empresas no mercado de renda variável. O risco é a pessoa decepcionar-se, por sofrer prejuízo no curto prazo, e nunca mais voltar ao mercado financeiro, abrindo mão de participar do melhor sistema já construído para potencializar a sua independência financeira e tranquilidade futura. Assim, é na renda fixa que o investidor deve começar seus estudos, montando de forma autônoma a sua primeira carteira de investimentos. A experiência na renda fixa resultará em uma base sólida para o ingresso na renda variável, caso o investidor assim desejar.

No primeiro capítulo, o leitor irá aprender uma forma de investir focada no longo prazo e na resiliência. São ideias simples, mas poderosas que irão guiar uma política de investimentos sustentável, com foco na qualidade de vida do investidor. Em seguida, no segundo capítulo, estudaremos a estrutura do mercado financeiro brasileiro, conhecimentos básicos relativos ao mercado de renda fixa que todos os investidores deveriam saber.

A partir disso entraremos nos instrumentos da renda fixa, percorrendo Produtos Bancários, Tesouro Direto, Fundos de Investimento e Debêntures. Cada um dos capítulos irá usar e abusar da análise de dados para conhecer melhor cada produto e sua atratividade ao investidor. Por fim, no capítulo A Prática de Investir, usaremos o conhecimento adquirido nos capítulos anteriores para iniciar e montar uma carteira de investimentos.

Como em toda obra focada na análise de dados, a reprodução dos resultados deve ser fácil e de acesso público. Todos os cálculos e figuras apresentados neste livro são reproduzíveis no seu próprio computador. Usei dados abertos e públicos do sistema de séries temporais do Banco Central do Brasil, Tesouro Nacional e Portal de Dados Abertos. Os gráficos são criados em uma plataforma de programação chamada R. Todo o código utilizado neste livro está disponível na internet.2

O livro também oferece como material adicional um aplicativo web, acessível em qualquer navegador de internet, seja no desktop, seja no celular. Nele, você poderá visualizar as figuras do trabalho em um formato mais dinâmico, modificando e personalizando os parâmetros de análise dos produtos financeiros. Na Figura 0.1 apresento uma fotografia da interface do programa.

Tela do Aplicativo PIRF

Figura 0.1: Tela do Aplicativo PIRF

O acesso ao aplicativo é totalmente gratuito e livre. Você pode acessá-lo neste link: https://www.msperlin.com/shiny/PIRF/.

Antes de começar a ler a obra, um consideração importante. Todo o material do livro é de caráter opinativo e pessoal do autor. Nenhum dos capítulos, isoladamente ou em conjunto, oferece indicação de compra ou venda dos títulos públicos, produtos bancários ou qualquer outro tipo de investimento. Lembre-se também que performance passada não é garantia de performance futura. Analise os resultados históricos, estude as características das alternativas de investimento e tire as suas próprias conclusões.

Boa leitura.

Marcelo S. Perlin